Employee Advocacy - como criar um Programa de Embaixadores da Marca na sua Empresa - capa - dicas linkedin - Pedro Caramez

Employee Advocacy: como criar um Programa de Embaixadores da Marca na sua Empresa

Planeia criar e implementar um Programa de Employee Advocacy na sua Empresa, mas não sabe por onde começar? Aqui encontrará as principais etapas para que o seu programa seja bem-sucedido!

A maioria das empresas está ciente dos benefícios da defesa dos funcionários: segundo pesquisa recente, 90% das marcas inquiridas já apostam num Programa de Embaixadores da Marca ou têm planos de incluir o Employee Advocacy na rotina de trabalho das suas Equipas.

Cada vez mais se fala sobre a importância de uma Estratégia de Employee Advocacy para ajudar as empresas a aumentarem o reconhecimento da marca, obter mais leads e fechar mais negócios. Vejamos a seguir o passo a passo para transformar os seus colaboradores em embaixadores da sua marca.

Mas antes… o que é Employee Advocacy?

Um Programa de Employee Advocacy refere-se promoção e consciencialização de uma empresa e/ou os seus produtos e serviços pelos seus colaboradores. Neste sentido, todos os colaboradores devem ser motivados a participar do programa, seja ao partilhar conteúdos da empresa nos seus próprios perfis nas redes, até oportunidades de emprego e promoção da empresa em eventos de networking.

Sabia que 52% dos consumidores confiam mais nos colaboradores de uma empresa do que na própria empresa ou marca?

Um Programa de Embaixadores da Marca permitirá que os seus colaboradores:

  • Gerar exposição da Marca, ampliando ao alcance das mensagens e promoções da Empresa o reconhecimento da marca.
  • Incorporar os interesses da Empresa, partilhando as experiências e rotinas de trabalho, oferecendo um “olhar para dentro” da Empresa.
  • Recomendar produtos e serviços, atuando como especialista ao recomendar os produtos e serviços da empresa a amigos e familiares.
Infográfico Employee Advocacy - como criar um Programa de Embaixadores da Marca na sua Empresa - Linked2Power - dicas linkedIn - Pedro Caramez 2

Principais benefícios do Employee Advocacy

Tanto a Empresa quanto os colaboradores saem a ganhar com a implementação de Programa de Embaixadores da Marca. Os benefícios de um programa eficaz cruzam vários departamentos: Marketing, Vendas e Recursos Humanos.

🔹 Benefícios para a Empresa e a Marca

Ter um Programa de Embaixadores da Marca em vigor oferece imensos benefícios para a Empresa e pode ser usado em conjunto com um Programa de Employer Branding. Dentre os principais benefícios, temos:

  • Potencializa o reconhecimento da marca.
  • Melhora o desempenho dos colabores.
  • Mantém o controle sobre as mensagens da marca.
  • Gera leads mais qualificados.

🔹 Principais benefícios para os colaboradores

Como grande parte desse programa envolve a participação ativa e contínua dos colaboradores, os benefícios precisam ser substanciais. Com um programa bem definido, alguns benefícios estão garantidos. Dentre eles:

  • Garante a produção de conteúdo fácil e pronto para ser usado pelos colaboradores.
  • É útil para educar os colaboradores que não têm conhecimentos avançados de redes sociais.
  • Ajuda o colaborador a posicionar-se como especialista e referência no seu sector de atuação.
  • Amplifica as oportunidades de networking (aposte no LinkedIn, a maior rede profissional do mundo).
Infográfico 2 Employee Advocacy - como criar um Programa de Embaixadores da Marca na sua Empresa - Linked2Power - dicas linkedIn - Pedro Caramez

6 etapas para implementar um programa de Employee Advocacy na sua Empresa

Criar e implementar um Programa de Embaixadores da Marca bem-sucedido não é uma tarefa propriamente fácil, é verdade. No entanto, existem alguns passos que ajudarão a capacitar os seus colaboradores e, desse modo, impulsionar a sua estratégia de comunicação nas redes sociais:

1. Comece por planear a sua Estratégia de Conteúdo

A primeira parte da sua estratégia consite em decidir quais são os objetivos e KPIs (Key Performance Indicator) relevantes para o Programa e como eles serão medidos. Existem dois tipos de métricas importantes a ter em atenção:

  • Métricas Táticas: incluem o rastreio individual de cada publicação, colaborador e rede social, por meio de cliques, engagement e alcance dos conteúdos partilhados.
  • Métricas de Revenue: envolvem a medição do verdadeiro ROI (Return On Investiment) do Programa, entendendo como o Employee Advocacy afeta a angariação de leads, o custo por lead e as vendas finalizadas.

No que diz respeito ao tipo de conteúdo, irá variar de acordo com cada grupo de colaboradores. De modo geral, deve incluir conteúdo original criado pela empresa, conteúdo com curadoria, conteúdo sugerido por colabores, além de conteúdo promocional e informativo/educativo.

2. Promova a participação ativa dos seus colaboradores

Embora benefícios como oportunidades de networking e posicionamento como especialistas sejam bons para os colabores, eles nem sempre são recompensadores imediatamente. Para incentivar a participação efetiva no programa, ofereça regalias e incentivos.

Em um estudo da Social Media Today sobre métodos de incentivo, os dois mais bem-sucedidos foram o reconhecimento da empresa (39%) e os incentivos monetários (19%). Esses tipos de recompensas podem estar alinhados a programas que premiam o colaborador do mês, por exemplo.

3. Incentive a autenticidade dos conteúdos partilhados pelos colaboradores

O relatório Customer Benchmark Report on Employee Advocacy indica que as publicações feitas por colaboradores quando personalizadas geram 64% mais envolvimento comparativamente às publicações sem o “toque pessoal” do colaborador.

Por isso, ao perceber que os seus colaboradores sentem-se totalmente à vontade para partilhar conteúdos produzidos pela Empresa, incentive-os a editar o copy (texto do post) e dar o seu próprio tom de voz. Assim como a Voz da Marca é importante para a empresa, a voz de do colaborador também tem é fundamental.

Adicionar uma linha ou duas a uma publicação nas redes sociais incentiva a autenticidade e estabelece a marca pessoal de cada colaborador.

4. Invista num programa de formação adequado

Fornecer treinamento ajuda imenso a estabelecer a confiança nas habilidades de seus colaboradores ao utilizar as redes sociais. Independentemente do tipo de programa escolhido, será necessário treinar a sua equipa sobre como usar as ferramentas adequadas e de forma eficaz.

O treino também não para. Você vai querer avaliar constantemente o desempenho do programa, certificar-se de que está se comunicando bem internamente e fazer treinamento adicional conforme necessário, especialmente à medida que os recursos da plataforma evoluem e mudam.

Precisa de ajuda para criar e implementar um Programa de Employee Advocacy na sua Equipa? Veja aqui como posso ajudar!

Consultoria Employer Branding e Employee Advocacy - Programa de Embaixadores da Marca - Linked2Power - dicas linkedIn - Pedro Caramez
Com esta ação de consultoria em Employer Branding e Employee Advocacy, o objetivo é potenciar a sua marca através do valioso mais importante da sua empresa: os seus colaboradores. 

5. Identifique os embaixadores da sua marca

Decida com antecedência quais dos seus colaboradores participarão ativamente do Programa de Emabixadores da Marca da sua empresa. Nesta fase, terá basicamente duas opções:

  • Começar com um pequeno grupo de colaboradores e expandir o programa mais tarde;
  • Convidar todos os seus funcionários para participar do programa imediatamente.

Iniciar o programa com um grupo menor ajudará a educar os colaboradores e a repensar a estratégia, se necessário. Em contrapartida, ativar todos os seus colaboradores não apenas fortalecerá a coesão da equipa, como apliará o alcance da sua marca exponecialmente.

6. Solicite o valioso feedback dos seus colaboradoes

Por vezes, as empresas esquecem-se de solicitar o feedback à sua equipa no que diz respeito ao Programa de Employee Advocacy, sendo que a ajuda dos colaboradores é essencial para o sucesso do programa.

Poderá pedir feedback sobre vários tópicos. Dentre eles:

  • Quando será o lançamento do programa;
  • Quais conteúdos devem ser partilhado pelos colaboradores;
  • Como e quando o plano de formação será implementado;
  • A maneira como a Empresa gamifica o Programa;
  • Como os resultados alcançados serão comunicados;
  • Entre outros possíveis feedbacks.

Lembre-se de que está a criar um Programa de Employee Advocacy PARA e COM os seus colaboradores. Então, dê voz a eles!

Tendências de Employee Advocacy a ter em atenção

À medida que a comunicação no local de trabalho evolui, as empresas procuram novas maneiras de inspirar os seus colaboradores e transformá-los em embaixadores ativos da marca. Segundo analistas do sector, há três tendências que moldarão o ambiente corporativo em 2022:

  1. Distribuição de conteúdo que impulsiona o envolvimento: se deseja conectar os seus colaboradores com os conteúdos partilhados pela empresa e mantê-los engajados com o seu Programa de Employee Advocacy, deve repensar como distribui esses conteúdos internamente.
  2. Era do Employee Advocacy 2.0: o problema com o Employee Advocacy 1.0 é ser muito centrado no empregador, ou seja, a empresa controla o cenário e o colaborador é um mero mecanismo de distribuição; já o Employee Advocacy 2.0 funciona porque é centrado no colaborador.
  3. Ascensão do conteúdo gerado por colaboradores: note que no Employee Advocacy 2.0 os seus colaboradores terão papel fundamental. Se quer que a sua comunicação corporativa seja autêntica, deve incentivar os seus colaboradores a criar os seus próprios conteúdos.

***

Ainda não está convencido de que a sua Empresa precisa de um Programa Employee Advocacy?

Não seja uma daquelas empresas que ainda não têm um Programa de Embaixadores da Marca devidamente implementado. Esses programas oferecem benefícios tanto para a Empresa quanto para colaboradores:

  • As Empresas desfrutam de maior reconhecimento da Marca e algum controle nos conteúdos partilhados;
  • Os Colaboradores ganham recompensas e se estabelecem como líderes de opinião nas suas respetivas áreas de atuação.

Deseja implementar um Programa Employee Advocacy na sua organização e testemunhar o poder dessa estratégia ao gerar melhores resultados de negócios? Agende já uma ação de consultoria!

banner horizontal livro Vencer com o LinkedIn - Linked2Power - Pedro Caramez - 03

Categorias

Categorias

Artigos Recentes